quinta-feira, 26 de abril de 2012

Sobre o caso Victor Neves

Caros leitores do blog,

Recebemos a mensagem abaixo da irmã de Victor Neves, Ludmila, sobre o que aconteceu no dia 24 de abril. Leiam abaixo.
____________________________
Eu não sei por mais quantos blog´s terei que fazer esse apelo...Meu nome é Ludmila Neves, e sou irmã desse rapaz mencionado acima...

Peço desculpas pelo meu irmão, infelizmente fizemos alteração da medicação dele, por o mesmo sofrer de distúrbio “BIPOLAR”, por esse motivo ele saiu de casa na segunda e fez tdos esses atos infelizes. Quero q vcs entendam e saibam, que ele estava totalmente fora de si e em crise, tanto q no próprio vídeo isso é perceptível.

Sanamos a situação, o mesmo está medicado e em uma clínica para o seu restabelecimento. Peço desculpas, pelas palavras de agressão e sei bem como vcs devem estar se sentindo, pq ele tbm me agride com palavras quando está alterado. Na verdade, essa é a segunda vez, à mais de dois anos que ele estava cumprindo à regra o tratamento, só que infelizmente pela alteração da receita, ele entrou em crise.
Sei que pedido de desculpas ñ deixa vcs seguros, afinal com todos os psicopatas que andam na rua fazendo horrores e com até às coincidências e ameaças sofridas na UNB, é normal se ficar inseguro. Mas, quero q vcs fiquem mais calmos…O meu irmão como disse está sendo medicado e quando entra nessa crise, normalmente só agride com palavras e nunca vi ele partindo para uma agressão, só mesmo quando se sente temeroso pela sua vida, ou mesmo, insultado. Acho que esse ñ foi o caso, já que vcs ñ o agrediram. Apesar, que soube que alguns tentaram até linxá-lo.

Entendo, até a atitude de vcs, pq antes que eu soubesse que ele sofria desse transtorno eu retrucava, tentava agredi-lo com palavras, até que eu conheci a patologia e entendi que se eu agir como uma parede, ou, mesmo se eu tentar mostrar com às minhas atitudes e ñ palavras q estou ao seu lado, ele vê isso. Claro, q vc têm q ter noção da doença e em alguns casos sair de perto se ver que ele está alterado ao ponto de nem saber oq faz, só que infelizmente tbm vi na filmagem, q alguns ñ fizeram isso.

Queria pedir a ajuda, para o melhor tratamento dele. Preciso que vcs ñ o retruquem, nem o xinguem e principalmente denunciem o face, o orkut e outras redes sociais para q ele ñ entre. Pq até o proibimos de entrar, mas pode ser q ele consiga e tente voltar a falar com vcs. Então o anulem, assim como tdo oq ele falar. Mais uma vez, ele em crise ñ responde pelo que ele fala, é como se o mundo estivesse contra ele, mas se o mundo se vira, ele nem reage.

Estou rastreando tdo o possível que ele tem falado e por esse motivo soube da UNB, só ñ o impedimos antes, pq ele sumiu e ñ conseguimos encontrá-lo. Eu liguei para tdos os departamentos e até tentei na noite de segunda-feira, ligar na “UNB”, para saber se ele estava lá, mas sem sucesso. Foi quando, entrei em contato no dia seguinte, mas me disseram que ele ñ tinha aparecido lá. Conversei com o Hugo que pertence a UNB, muito gentil ao saber que ele esteve, retornou o contato que foi onde soubemos de tdo e corremos para resolver.

Preciso que vcs me ajudem e saibam que também é uma luta para à minha família, só nos sabemos oq passamos e tbm pessoas q se encontram na mesma situação.
Mais uma vez, peço perdão à tdos os alunos da UNB!!!

Mais do q tdo, aos entendidos da doença q nos ajudem espalhando como é, pq infelizmente moramos em um país que interdita os seus doentes, que ao invés de mostrar como é a doença coloca ela restrita em abrigos e prisões, como faziam antigamente. Ainda estamos em uma estrutura arcaica, onde um doente é um inválido social, recluso do mundo e os mesmos se sentem assim.

Porque antes do meu irmão entrar em crise, alguns se fingindo serem amigos, acho q para brincarem com ele marcaram vários encontros e furaram…Ele se sentiu péssimo e acho que isso facilitou bastante a crise. Creio que até chora quando se depara com a solidão que ele vive pela reclusão que às pessoas fazem por acharem que ele é perigoso e mal.

Ele só fica fora de si quando está em crise e à muito ñ entrava em uma. No normal ele é um doce. Claro, com aqueles q ñ o ofendem, pq ngm gosta de ser ofendido.

Não estou aqui para justificar o ato dele, antes de tdo peço perdão no nome da minha mãe, que está muito abalada com tdo. Ñ é fácil para ela!!!Sei que tbm ñ foi fácil para os seus pais e familiares, pela insegurança que o ato causou na mente de vcs.

Não sei oq fazer para pedir desculpas, à única coisa que posso é pedir perdão e fazer oq estamos fazendo, o ajudando com a assistência médica e psicológica necessária.
Até peço, que se caso vcs saibam de uma assistência psicológica gratuita dentro da UNB, agradeço, pq é muito caro e estamos até tentando um plano médico, mas é muito demorado o período de liberação. O sitema público, como vcs sabem ñ oferecem essa facilidade.

Infelizmente o Brasil em algumas das opniões do meu irmão estão totalmente corretas, vivemos em um país para alguns e esses ñ inclui os seus doentes. São filas enormes e total descaso, médicos muitas vezes despreparados e altamente caros.

Minha mãe tem tido condições de fazer particular, mas agora tá se tornando difícil, já que tdo nessa área é cara e por ñ querer q ele fique sem medicamentos à mesma tira do seu bolso (médico, remédio e tratamentos), mas ñ tá suportando os valores (a rede pública está com falta da maioria dos medicamentos para essas patologias). Então, peço essa ajuda se vcs tiverem esse acesso!!!

No mais, agradeço ter esse acesso e se for possível delete esse post para q ele ñ continue respondendo…Creio q ñ vai, pq quando se estabilizar vai melhorar e ñ vai ter acesso por nossa parte. Peço que me avisem caso ele tente ameaçar, ou, ficar nas mesmas conversas, pq ai teremos como impedí-lo e tomar às medidas cabíveis.

Sei tbm q vc têm lutado pelos seus direitos e concordo e acredito que muitas vezes é dado ênfase a coisas menores, como arrancar cartazes (mas, dentro da lei isso está errado), ñ estou justificando o meu irmão nem uma sociedade corrupta em seus ideais. Oq venho dizer é q meu irmão estava em crise e por esse motivo, estava totalmente descontrolado e acabou fazendo isso. Peço desculpas e venho pedir a ajuda de vcs!!

Grata, Ludmila Neves.
____________________________

Como mencionamos no texto que tratou do que aconteceu, a confusão mental de Victor é bastante evidente ao se analisar a carta que foi escrita por ele. O comportamento no vídeo também deixa claro que é improvável se tratar de alguém que não esteja transtornado, o que já fornece indícios para questionar se se trata de uma pessoa instável que explodiu (caso do Victor, como explicado por sua irmã ) ou de alguém que adota essa postura deliberadamente.

Ludmila, de nossa parte, pode ter certeza que encaminharemos seu apelo para as pessoas que podem ajudar o seu irmão. Caso queira informar-nos algum contato de e-mail, nos escreva: unbconservadora@gmail.com.

Um comentário:

Antes de comentar, leia a política de comentários do blog. E lembre-se: o anonimato é, muitas vezes, o refúgio dos canalhas.