quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Fora Agnelo!



O governador do Distrito federal, Agnelo Queiroz, está dando uma verdadeira aula de determinação, autoconfiança e firmeza: determinação em não largar o filé suculento do poder, autoconfiança em sua capacidade de desviar o foco das denúncias que recaem sobre sua figura, e firmeza em seu objetivo de, doa a quem doer, custe o que custar, manter-se no Palácio do Buriti.

Desde o estouro do escândalo envolvendo o ex-ministro dos esportes Orlando Silva, dezenas de denúncias envolvendo o nome de Agnelo Queiroz vieram à tona. De lá para cá, muita coisa aconteceu. Toda a cúpula da Polícia Civil do Distrito Federal foi exonerada poucos dias depois da divulgação de gravações de conversas telefônicas entre Agnelo e o policial João Dias, principal denunciante do esquema de corrupção no Ministério dos Esportes. O governador chegou mesmo a dizer que apenas sua palavra era prova mais do que suficiente de que não havia cometido nenhum crime.

Agora, novas denúncias suscitam a suspeita de enriquecimento ilícito de Agnelo Queiroz e sua família, cujo patrimônio foi aumentando na ordem de R$ 10 milhões em apenas três anos. Não bastasse isso, o policial João Dias ainda foi pressionado a não revelar a origem do dinheiro que levou ao Palácio do Buriti há alguns dias – dinheiro que, de acordo com ele, teria sido-lhe entregue a mando de Paulo Tadeu, Secretário do Governo, para comprar seu silêncio.

Quando as denúncias sobre o ex-governador José Roberto Arruda encheram os jornais, as revistas e as manchetes dos telejornais, a ala jovem do então partido de Arruda, o DEM, foi a primeira a manifestar-se exigindo a expulsão imediata do ex-governador dos quadros do partido e um inquérito firme e implacável que elucidasse todas as tramóias em que Arruda estava metido. Qual foi a providência tomada pela Juventude do PT diante das gravíssimas denúncias contra Agnelo? Publicar uma moção de apoio ao “Companheiro Agnelo Queiroz”, declarando que as denúncias são “factóides produzidos em gabinetes de alguns Senadores e Parlamentares afim [sic] de desestabilizar um Governo que vem construindo um Novo Caminho para o Distrito Federal.” O Novo Caminho que o governador Agnelo tem construído para o Distrito Federal tem sido, na verdade, o bom e velho jeitinho petista de governar: muitas bravatas, nenhuma ação prática e histórias extremamente mal-contadas cujos envolvidos se esforçam diuturnamente para que não sejam esclarecidas.

Em artigo publicado recentemente na mídia, Agnelo diz: “Governo Brasília com hombridade e espírito público.” Se isso fosse minimamente correto, se o governador possuísse de fato algum senso de honra, de lealdade para com o povo, de “hombridade e espírito público”, ele já teria feito a única coisa correta possível: renunciar.

7 comentários:

  1. PERAI,2 ANOS DEPOIS DE TIRAR UM GOVERNADOR,de prender um governador eleito,vem a procuradora dizer que ainda não tem provas? Ela não teria que ter provas antes de ter prendido e tirado o governador? Não inverteu tudo? qual o interesse politico que fez um governador ser preso antes de ser investigado? pq queriam tanto tirar arruda do poder? para o PT ganhar a eleição em bsb e fazer todas as trapalhadas que esta fazendo?

    ResponderExcluir
  2. Me perdoem, estou reenviando comentário com necessárias correções.

    Por ocasião do Mensalão do PT e comparsas no CN, indgnei-me com as declaração daquele tal Bittar ao justificar as garfadas dos mensaleiros: "... estavam seduzidos pelo Poder...". Agnelo certamente ante a conduta daqueles e na falta de uma rígida intervenção judicial, tornou-se espelho e discípulo, embora não tenha participado diretamente naqueles idos. É mais um dos contemporâneos daqueles larápios "seduzidos" que infestaram todos os setores da Administração Pública e no caso tratou logo de tirar o seu quando foi titular de uma pasta ministerial. Resta evidente que não é só a sedução pelo Poder, mas, a sedução pelo dinheiro público farto e facilmente surrupiado sem que autoridade alguma neste "Paíze" lulesco, faça corrupto algum ressarcir ao Estado as afanadas somas milionárias, tampouco levar à cadeia larápios investidos de autoridade! A pena é suave: é ficha-suja, mas, os bolsos continuam abarrotados da coisa pública! República de Bananas! É SIMPLESMENTE REVOLTANTE!

    Marta Ribeiro - rcm.marta@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. FORA AGNELO.CHICO VIGILANTE, LEITE.PT.PATRICIO E TODOS QUE ESTÃO NESTA LAMA ,HÁ TAMBÉM TODA DIREÇÃO DO SAE DF .RESPEITO PELOS MORADORES DO DF E AGNELO NA PAPUDA.......BEM TRANCADINHO LEVA JUNTO MAGELA, EUDES,DENIVALDO,E TODA SUA CORJA.

    ResponderExcluir
  4. fora agnelo ,cade o investimento com a educação ,quando tiver movimentos ,encontros ,podem conta comigo ,meu email é ratyoflay@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Também quero participar de movimentos contrários ao Agnulo e a sua corja. Meu e-mail: crijol@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. tbem quero ´participar vamos tirar o agnelo do poder ele ta acabando com brasilia meu email : allangto@hotmail.com faço ate um abaixo assinado
    pra tirar esse hipocrita e desonesto pq eh mais facil acreditar em papai noel do que nesse agnelo fora agnelo
    vazzzaaaa

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia a política de comentários do blog. E lembre-se: o anonimato é, muitas vezes, o refúgio dos canalhas.