terça-feira, 9 de agosto de 2011

UnB na mira do TCU

As aulas na UnB serão retomadas no dia 15 de agosto, próxima segunda-feira. Enquanto o semestre letivo não começa efetivamente, vamos aquecendo os motores do blog com mais um capítulo da decadente história que tem sido escrita em nome da Universidade de Brasília.

Se você acompanha os jornais diariamente, tem sabido que a UnB tem sido protagonista de notícias nada agradáveis: consumo desenfreado de drogas, falta de controle sobre festas, ocorrência diária de crimes, enfim, mazelas de um descaso generalizado -- para não falar de prevaricação pura, em alguns casos -- que parece ter tomado conta da instituição desde que foi noticiado o esquema de corrupção comandado (acredita-se) pelo ex-reitor Timothy Mulholland.

Na segunda-feira passada, dia 8 de agosto, o senador Álvaro Dias (PSDB/PR) apresentou requerimento à Mesa Diretora do Senado solicitando que o Tribunal de Contas da União (TCU) realize auditoria na Prefeitura da UnB. Os alvos da auditoria são os contratos de terceirização e obras civis em vigor nos anos de 2010 e 2011. Para acessar o requerimento, clique aqui.

Diante dessa notícia, só podemos esperar que o TCU investigue a fundo os contratos sob suspeição e que, encontrando alguma irregularidade, leve a cabo todas as medidas necessárias para punir os responsáveis. A Universidade de Brasília não é um universo à parte, onde a lei e a ordem são elementos estranhos.

Em tempo: a Secretaria de Comunicação da UnB não publicou uma única linha sobre o pedido do senador. Não se pode culpar a zelosa Secom por essa sonegação de informações. Afinal, não é lá uma boa propaganda, não é?